Miguel Prado Jornalista

Os projetos que disputam a “bazuca” e os números que vão marcar o dia

2 de dezembro de 2021

Bom dia.


Esta quinta-feira inicia-se a apresentação de dezenas de projetos que se candidataram a apoios de 930 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência. No domínio das estatísticas, haverá números dos empréstimos e depósitos em Portugal, dados de desemprego na União Europeia e elementos sobre a inflação na OCDE.

TIAGO MIRANDA


Estão aí as agendas mobilizadoras para a inovação


O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, abre esta quinta-feira no terminal de cruzeiros do Porto de Leixões o lançamento das agendas mobilizadoras para a inovação empresarial, evento que continua sexta-feira e no qual dezenas de empresas portuguesas apresentarão projetos para disputar apoios de 930 milhões de euros do Plano de Recuperação e Resiliência. Os projetos de energia lideram essa corrida. Conheça aqui no Expresso 13 desses projetos.


Números mais recentes dos empréstimos e depósitos


O Banco de Portugal publica esta quinta-feira a estatística de empréstimos e depósitos relativa a outubro, depois de em setembro ter registado um aumento na concessão de crédito à habitação, mantendo-se, no entanto, inalterada a taxa de juro média, nos 0,8%.


Eurostat divulga dados de desemprego na UE


O Eurostat publica hoje os dados de desemprego na União Europeia e zona euro relativos a outubro, depois de em setembro a taxa de desemprego ter ficado em 6,7% na UE e em 7,4% na zona euro. Em Portugal, como já avançou o INE na terça-feira, a taxa de desemprego em outubro permaneceu nos 6,4%, em linha com o valor registado em setembro.


OCDE avança inflação de outubro


A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) avança esta quinta-feira a sua divulgação mensal da inflação, com a evolução do índice de preços no consumidor (IPC) nos países que compõem a organização. Em setembro a taxa de inflação na OCDE ascendeu a 4,6%, pressionada pela subida dos preços dos alimentos e da energia.


Greve nos transportes


Os trabalhadores das empresas de transporte rodoviário de passageiros cumprem esta quinta-feira um dia de greve, reclamando aumentos salariais, incluindo um salário-base de 750 euros a partir de 2022, bem como uma subida do subsídio de refeição e uma redução do intervalo de descanso para duas horas. Várias empresas admitem que a greve poderá provocar perturbações no serviço.


NOTÍCIAS E HISTÓRIAS QUE NÃO DEVE PERDER:


- PRR: 64 grandes consórcios têm 7 minutos para convencer Costa e Siza Vieira


- Indústria da moda recuperou, mas há um risco chamado “inflação”


- Savannah abandona projeto mineiro em Moçambique para se concentrar no lítio em Portugal


- OCDE revê em forte alta projeções para o crescimento da economia portuguesa


- Bolsas regressaram ao vermelho em novembro. A culpa foi da Ómicron, mas não só


Esta newsletter termina aqui, mas pode continuar a seguir a atualidade económica na edição digital do Expresso. Tenha uma ótima quinta-feira!

Partilhe esta edição