Isabel II

Cinco livros para conhecer o lado mais íntimo e as ligações a Portugal de Isabel II

Cinco livros para conhecer o lado mais íntimo e as ligações a Portugal de Isabel II
LEON NEAL/Getty

As visitas a Portugal, os momentos de descontração, a juventude de uma princesa que nunca imaginou ser rainha ou o debate interno de uma mulher dividida entre proteger a família e preservar a dinastia. Tudo isto em cinco livros obrigatórios para quem quiser conhecer o lado mais intímo de Isabel II

“A Viúva de Windsor”, de José de Bouza Serrano

Este livro, da autoria de José de Bouza Serrano, ex-chefe do Protocolo de Estado e embaixador português em vários países, tem como ponto de partida a morte do Príncipe Filipe e recua até à juventude de Isabel II, uma princesa que nunca imaginou ser rainha. Episódios como o curto e polémico reinado do seu tio, Eduardo VIII, ou a coroação do seu pai, Jorge VI, são também narrados ao longo das 512 páginas. O autor conta-nos como, “num complexo diálogo interior entre o dever enquanto soberana e as responsabilidades de chefe da Igreja Anglicana, Isabel II se foi debatendo ao longo das décadas com as difíceis opções sentimentais da única irmã e de três dos quatro filhos, tratando-as com a devida compreensão familiar, mas, antes de mais, como potenciais ameaças ao futuro da dinastia e da instituição monárquica”, lê-se na sinopse de “A Viúva de Windsor”, editado pela Oficina do Livro.

“Os Dias Portugueses de Isabel II”, de António Simões Brás

Ao longo do seu reinado de 70 anos, Isabel II visitou Portugal por duas vezes. Da primeira vez, em 1957, Salazar proporcionou-lhe aquela que é descrita no livro como a “receção mais faustosa” de todo o seu longo reinado. A monarca britânica acabaria por regressar em 1985, quando aproveitou para, além dos encontros protocolares, rever amigos e partilhar momentos de descontração. “Os Dias Portugueses de Isabel II” segue os passos de Isabel II no nosso país.

“Isabel II: Uma Vida, Um Reino”, de Marc Roche

O correspondente do Le Monde, Marc Roche, escreveu este livro com base nos encontros que teve com a rainha e com altos funcionários do Palácio de Buckingham. A investigação profunda do autor dá a conhecer a faceta mais privada e oculta de Isabel II, uma jovem frágil e tímida, que assumiu o trono sem qualquer preparação e conseguiu assumir-se num meio dominado por homens.

“The Other Side of the Coin: The Queen, The Dresser and the wardrobe”, de Angela Kelly

Angela Kelly, auxiliar e estilista da rainha Isabel II, partilha algumas histórias, em livro, dos 20 anos que passou ao lado da rainha, além de curiosidades e segredos sobre a vida no palácio. A obra foi publicada com o aval da monarca britânica. A obra revela curiosidades sobre a vida da monarca, tal como o facto de precisar de ajuda para amaciar os seus sapatos.

“Isabel, a rainha: a vida de uma monarca moderna”, de Sally Bedell Smith

Sally Bedell Smith já tinha escrito biografias da princesa Diana ou John Kennedy, Bill e Hillary Clinton, e até do príncipe Carlos, mas foi a obra “Isabel, a rainha: a vida de uma monarca moderna” que mais se notabilizou, sendo bastante elogiada pelo “The New York Times”.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: piquete@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas