Internacional

Espanha: ano dramático na violência doméstica deixa país alarmado

7 janeiro 2023 11:42

Ángel Luis de la Calle

Ángel Luis de la Calle

Correspondente em Madrid

Representantes da autarquia de Madrid observam um minuto de silêncio em memória de uma mulher de 20 anos assassinada em contexto familiar, a 28 de dezembro

marta fernandez jara / getty images

Apesar da legislação espanhola ser das mais avançadas do mundo, o combate à violência doméstica continua a falhar no país

7 janeiro 2023 11:42

Ángel Luis de la Calle

Ángel Luis de la Calle

Correspondente em Madrid

Dezembro fez soar alarmes em Espanha. No último mês de 2022 morreram 11 mulheres vítimas de violência doméstica, elevando a 49 casos o total do ano. Em Portugal essa estatística (provisória) é de 22 vítimas, o que é proporcionalmente superior (há 10 milhões de portugueses e 47 milhões de espanhóis).

Esta chaga familiar e social tornou-se evidente em termos dramáticos. Apesar de vigorar no país uma das legislações mais avançadas do mundo nesta matéria, existe a convicção geral de que algo está a falhar. Os mecanismos de prevenção não são suficientes e urge melhorar a consciência social sobre o problema e a formação das entidades envolvidas.