Internacional

Coreia do Sul põe no ar caças e helicópteros de ataque depois de avistar drones norte-coreanos a “violar” o espaço aéreo

26 dezembro 2022 8:59

A Coreia do Sul encontrou os drones oriundos da Coreia do Norte naquela que é conhecida como a Linha de Demarcação Militar

yelim lee

Os drones oriundos da Coreia do Norte estariam a sobrevoar aquela que é conhecida como a Linha de Demarcação Militar entre os dois países. Vários voos tiveram de ser cancelados

26 dezembro 2022 8:59

A Coreia do Sul diz ter feito levantar caças e helicópteros de ataque, que fizeram disparos de advertência, depois de ter avistado drones norte-coreanos que “violaram” o seu espaço aéreo, avança a “Sky News”.

Líderes de gabinete do Executivo do país afirmaram que vários drones norte-coreanos não tripulados cruzaram a fronteira, tendo sido detetados no território sul-coreano na segunda-feira.

Quando tentava combater os drones, uma aeronave de ataque leve sul-coreana KA-1 caiu, pouco tempo depois de deixar a sua base na área leste do país, em Wonju, revelou um funcionário do Ministério da Defesa. Os dois pilotos conseguiram ejetar-se e encontram-se no hospital, acrescentou a mesma fonte.

O Ministério dos Transportes da Coreia do Sul esclareceu ainda que os voos a partir dos aeroportos de Incheon e Gimpo tiveram de ser suspensos, após pedido dos militares.

De acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap, a Coreia do Sul avistou os drones oriundos da Coreia do Norte naquela que é conhecida como a Linha de Demarcação Militar – a fronteira terrestre cercada por uma zona desmilitarizada – entre os dois países.