Internacional

Etiópia: Dois anos e meio milhão de mortos depois, chega o cessar-fogo

11 novembro 2022 17:59

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Manifestação de apoio ao exército federal em Adis Abeba, no final de outubro

amanuel sileshi/afp/getty images

Negociações continuam enquanto posições extremadas dificultam o cumprimento dos termos do acordo entre o Governo e os rebeldes do Tigray

11 novembro 2022 17:59

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Médicos e pessoal humanitário da região do Tigray estão numa corrida contra o tempo para manter vivos os doentes e subnutridos enquanto aguardam a chegada das equipas de primeiros socorros internacionais. A entrada destas no país foi negociada no acordo de tréguas assinado em Pretória, África do Sul, com mediação da União Africana, no dia 2 de novembro.

Do documento consta o pacto para acabar com o bloqueio à região do Tigray, no Norte da Etiópia, imposto desde o início do conflito, em troca do desarmamento das forças da Frente de Libertação do Povo do Tigray (TPLF na sigla inglesa).