Internacional

PM espanhol oferece-se a Guterres para alcançar acordos perante crise global

20 setembro 2022 9:16

sarah yenesel

Pedro Sánchez insistiu no multilateralismo como a única forma de enfrentar os desafios globais do século XXI

20 setembro 2022 9:16

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, ofereceu-se hoje ao secretário-geral da ONU, António Guterres, para colaborar em tudo o que for possível no objetivo de alcançar acordos multilaterais contra crises como a alimentar ou a energética.

Sánchez iniciou hoje a sua agenda com Guterres em Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde vai permanecer até quinta-feira para discursar na abertura do 77.º período de sessões da Assembleia das Nações Unidas.

O presidente do Governo espanhol e o secretário-geral da ONU já realizaram várias reuniões nos últimos anos para analisar a situação do organismo e as suas ações perante problemas como as alterações climáticas, a pandemia ou, mais recentemente, as consequências da guerra na Ucrânia.

Para Sánchez, as ações da Rússia representam uma ameaça não só para a Europa, mas para o mundo todo, como acredita ser evidenciadas pela crise alimentar ou pelos riscos de uma nova catástrofe na central nuclear ucraniana de Zaporijia.

Segundo fontes espanholas, Sánchez insistiu no multilateralismo como a única forma de enfrentar os desafios globais do século XXI, abordando também a crise alimentar.

No quadro da abertura da nova sessão da Assembleia da ONU, Sánchez vai copresidir na terça-feira uma cimeira para tentar unir esforços para combater a falta de bens alimentares.