Internacional

Novo Presidente do Quénia compromete-se com plano ambicioso de combate às alterações climáticas

14 setembro 2022 15:06

Presidente do Quénia, William Ruto

daniel irungu/epa

Ruto prometeu que o país terá uma transição plena e justa para a eletricidade, a ser produzida exclusivamente por energia solar, eólica e geotérmica até 2030

14 setembro 2022 15:06

O recém-empossado Presidente do Quénia, William Ruto, afirmou a intenção de colocar as alterações climáticas no centro da agenda do novo governo e prometeu aumentar a energia limpa e eliminar gradualmente os combustíveis fósseis até 2030.

"No nosso país, mulheres e homens, jovens, agricultores, trabalhadores e comunidades locais sofrem as consequências da emergência climática", afirmou Ruto no discurso de tomada de posse, esta terça-feira no Complexo Desportivo Internacional de Moi, em Nairobi.

"Temos de agir urgentemente para manter os níveis de aquecimento global abaixo de 1.5º graus Celsius, ajudar os necessitados e acabar com a dependência dos combustíveis fósseis", afirmou, fazendo eco dos apelos do secretário-geral das Nações Unidas para cortar a dependência em todo o mundo em relação ao carvão, petróleo e gás.

Tomando como ponto de partida os compromissos do país sobre as alterações climáticas submetidos à ONU, Ruto prometeu que o país terá uma transição plena e justa para a eletricidade, a ser produzida exclusivamente por energia solar, eólica e geotérmica até 2030.

"O Quénia está numa transição para uma energia limpa que irá apoiar o emprego, as economias locais, e a industrialização sustentável", afirmou o novo Presidente queniano.

"Apelamos a todos os Estados africanos a juntarem-se a nós nesta viagem. África pode liderar o mundo. Temos um imenso potencial para as energias renováveis. A redução dos custos das tecnologias de energia renovável faz desta a fonte de energia mais viável", declarou ainda.

A menos que o novo Governo faça investimentos significativos no aumento da produção elétrica a partir da energia geotérmica e solar, o objetivo do nono Presidente queniano é difícil de alcançar no calendário sugerido por Ruto.

William Ruto venceu as eleições presidenciais em 09 de agosto e foi empossado como quinto Presidente do Quénia esta terça-feira. Sucede a Uhuru Kenyatta, que cumpriu o limite constitucional de dois mandatos.