Internacional

Dois palestinianos e um oficial israelita mortos em tiroteio na Cisjordânia

14 setembro 2022 22:38

Um oficial foi morto durante uma troca de tiros, quando "dois suspeitos" se aproximaram do ponto de passagem de Jalameh, perto de Jenin, no norte da Cisjordânia ocupada, e dispararam sobre os soldados

14 setembro 2022 22:38

Dois palestinianos e um militar israelita morreram esta quarta-feira num tiroteio, ocorrido perto num posto de controlo na Cisjordânia ocupada, indicaram o ministério da Saúde palestiniano e o exército israelita.

O exército indicou, em comunicado, que um oficial foi morto durante uma troca de tiros, quando "dois suspeitos" se aproximaram do ponto de passagem de Jalameh, perto de Jenin, no norte da Cisjordânia ocupada, e dispararam sobre os soldados.

O Ministério da Saúde palestiniano, em Ramallah, confirmou a morte de "dois jovens homens" neste confronto.

A agência oficial palestiniana Wafa referiu que o exército israelita ficou na posse dos dois corpos, identificados como Ahmad Abeb, 23 anos, e Abd al-Rahman Abed, 23 anos, ambos de uma localidade perto da cidade de Jenin.

O incidente de hoje foi o último de uma longa série de recentes confrontos violentos entre soldados e palestinianos nos territórios ocupados da Cisjordânia, em particular na cidade de Jenin, um bastião da resistência armada contra Israel.

O Estado judaico tem promovido frequentes raides em cidades, vilas e localidades da Cisjordânia, na sequência de uma série de ataques contra israelitas que provocaram 19 mortos.

As forças militares israelitas já mataram dezenas de palestinianos, no ano mais mortífero nos territórios ocupados desde 2016.

Entre as vítimas incluem-se civis, incluindo a repórter da Al-Jazeera Shireen Abu Akleh, atingida por um disparo israelita em 11 de maio quando se encontrava em reportagem em Jenin no decurso de uma nova incursão militar israelita.