Internacional

Sobrinho-neto de Saddam preso no Líbano acusado por Iraque de participar em massacre

Sobrinho-neto de Saddam preso no Líbano acusado por Iraque de participar em massacre
NUNO ANDRÉ FERREIRA/Getty Images

Abdulá Yasser Sabawi, está preso desde junho na cidade costeira de Byblos, a norte da capital libanesa, Beirute, na sequência de um mandado emitido pelas autoridades iraquianas devido ao seu presumível envolvimento num massacre

Um sobrinho-neto do ex-ditator iraquiano Saddam Hussein foi preso no Líbano acusado pelo Iraque de ter participado num massacre em 2014 do grupo extremista Daesh contra uma antiga base militar norte-americana, indicou uma televisão saudita.

De acordo com o canal Al Arabiya, de propriedade saudita, Abdulá Yasser Sabawi, está preso desde junho na cidade costeira de Byblos, a norte da capital libanesa, Beirute, na sequência de um mandado emitido pelas autoridades iraquianas devido ao seu presumível envolvimento no massacre.

Fonte judicial libanesa citada pelo mesmo canal disse, no entanto, que apenas está a ser investigado o estatuto legal de Sabawi no Líbano, onde vive há pelo menos quatro anos. Em junho de 2014, combatentes do Daesh mataram pelo menos 1.700 cadetes xiitas e não-muçulmanos durante um ataque ao campo Speicher, no norte do Iraque.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas