Internacional

A Al-Qaeda “é como a água, adapta-se, molda-se”, e vai sobreviver à morte de Al-Zawahiri

2 agosto 2022 18:28

Osama bin Ladene Ayman al-Zawahiri

visual news/getty images

A morte de Ayman al-Zawahiri é (muito mais) uma prova de vida dos Estados Unidos no Afeganistão do que um ataque para desmantelar a Al-Qaeda no país. A organização fundada por Osama Bin Laden reforçou a presença neste país desde que os seus ‘amigos’ talibãs entraram em Cabul a 15 de agosto de 2021, e os americanos abandonaram milhares de afegãos à sua sorte

2 agosto 2022 18:28

A morte do líder da Al-Qaeda, Ayman Al-Zawahiri, num ataque por drone à casa onde vivia em Cabul é, simultaneamente, “um paradoxo e uma vitória política da administração Biden”, que tenta compensar “o erro da retirada de Cabul" em agosto do ano passado, disse ao Expresso o politólogo Diogo Noivo.