Internacional

Síria. Ataque com ‘drone’ norte-americano mata um dos líderes do Estado Islâmico

12 julho 2022 16:29

Maher Al-Agal, apresentado como “um dos cinco mais altos dirigentes do Daesh”, foi morto quando se deslocava de mota perto da cidade de Jindires, na região curdo-síria de Afrin

12 julho 2022 16:29

O líder do grupo jiadista Daesh na Síria foi esta terça-feira morto num ataque com um ‘drone’ (aeronave não tripulada) norte-americano, anunciou o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (Pentágono).

Maher Al-Agal, apresentado como “um dos cinco mais altos dirigentes do Daesh”, foi morto quando se deslocava de mota perto da cidade de Jindires, na região curdo-síria de Afrin (norte da Síria), precisou à agência noticiosa AFP o porta-voz do comando central do Pentágono, o tenente-coronel Dave Eastburn, acrescentando que o mais próximo conselheiro do líder jiadista ficou “gravemente ferido” na sequência do mesmo ataque.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), uma organização não-governamental (ONG) com sede no Reino Unido mas que possui uma extensa rede de contactos no terreno, o ataque provocou a morte do líder jiadista e do seu acompanhante.

Este ataque ocorre poucos meses após uma outra operação similar dos norte-americanos no noroeste da Síria e que provocou a morte do anterior “califa” do Daesh, Abu Ibrahim al Hashimi al Qurashi.