Internacional

Edifício que desabou no Irão provocou pelo menos 24 mortes

31 maio 2022 8:50

epa

O desabamento do edifício Abadan a 23 de maio foi um dos maiores desastres ocorridos no Irão nos últimos anos, continuando as equipas de resgate a encontrar corpos entre os escombros

31 maio 2022 8:50

As equipas de resgate encontraram esta sexta-feira mais um corpo nos escombros de um prédio que desabou a 23 de maio no sudoeste do Irão, elevando o número de mortos para 34, disseram as autoridades locais.

"O número total de vítimas é de 34, com a descoberta de um novo corpo esta manhã", disse o governador da cidade de Abadan, Ehsan Abbaspour, citado pela agência oficial de notícias iraniana Irna.

É um dos maiores desastres a afetar o Irão nos últimos anos.

Parte do edifício Metropol, com dez andares, que estava ainda em construção em Abadan, uma das principais cidades da província do Cuzistão, desabou em 23 de maio.

No domingo, dia de luto pela tragédia, a polícia antimotim usou bastões e lançou granadas de gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes que vaiaram o 'ayatollah' Mohsen Heidari Alekasir um enviado a Abadan do líder supremo iraniano, 'ayatollah' Ali Khamenei.

Na sexta-feira, centenas de pessoas tinham marchado pelas cidades do Cuzistão para lamentar as vítimas e exigir ações legais contra os responsáveis pela tragédia, segundo a imprensa local.

A justiça regional disse ter detido 13 pessoas, incluindo o autarca de Abadan e dois ex-autarcas, o empreiteiro que supervisionava as obras e o proprietário do edifício em construção.