Internacional

Cheias no Brasil: mortos sobem para 91 e desalojados para seis mil

31 maio 2022 11:12

tv brasil/agência brasil

As operações de resgate de vítimas mortais e pessoas desaparecidas prosseguem no estado de Pernambuco, o mais afetado pelas chuvas torrenciais a 25 de maio que causaram um deslizamento de terras

31 maio 2022 11:12

A Defesa Civil do estado brasileiro de Pernambuco confirmou terem sido encontrados 91 mortos na sequência das fortes chuvas a 25 de maio, que causaram deslizamento de terras e afetaram outros estados brasileiros.

Há também registo de 26 pessoas desaparecidas, além de seis mil desalojadas, de acordo com os últimos dados do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) do estado de Pernambuco, segundo avança a Agência Brasil.

O número de mortos e desaparecidos aumenta à medida que as operações de resgate de vítimas prosseguem, em sete pontos de deslizamentos da região metropolitana do Recife, com o apoio de forças de segurança, da Defesa Civil, ou do Exército, e em particular com a participação de 198 bombeiros do estado de Pernambuco.

“Estamos a trabalhar com força total, mobilizando os recursos disponíveis, buscando profissionais de vários estados do Brasil com especialidade em resgate em áreas de deslizamentos, além de suporte às áreas atingidas por terra, água e ar”, salientou o secretário de Defesa Social, Humberto Freire, citado pela agência Brasil.

Os fortes danos causados pelas chuvas torrenciais no último sábado levaram nove municípios pernambucanos a declarar estado de emergência, incluindo Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São José da Coroa Grande, Moreno, Nazaré da Mata, Macaparana, Cabo de Santo Agostinho e São Vicente Ferrer.