Internacional

Tempestades de areia provocam cerca de 500 feridos no Iraque

4 maio 2022 13:28

getty images

Uma série de tempestades de areia tem atingido centro e oeste do país desde domingo. A maioria das pessoas hospitalizadas sofreram asfixia ligeira

4 maio 2022 13:28

Cerca de 500 pessoas foram hospitalizadas, a maioria por casos de asfixia ligeira, após uma série de tempestades de areia que começaram no domingo passado no centro e oeste do Iraque, informaram esta quarta-feira fontes oficiais daquele país.

“Cerca de 500 pessoas com casos de asfixia em várias áreas do Iraque foram hospitalizadas”, disse um dos porta-vozes do gabinete de informação do Ministério da Saúde iraquiano, Abás Mansur, citado pela agência de notícias espanhola Efe.

Deste total, “90% são casos ligeiros”, acrescentou.

Desde domingo passado, as províncias iraquianas de Bagdade, Al Anbar, Kerbala, Najaf e Saladino, no centro e oeste do país, estão a ser afetadas por tempestades de areia que se tornaram comuns no país nos últimos anos.

Essas tempestades de areia forçaram a interrupção do tráfego aéreo, inclusive no Aeroporto Internacional de Bagdade, devido à baixa visibilidade, avançou hoje a imprensa local.

O Iraque é um país particularmente vulnerável às mudanças climáticas, que se têm multiplicado nos últimos anos.

O Aeroporto Internacional de Bagdade adiantou, em comunicado, que o tráfego aéreo foi interrompido “devido ao mau tempo e a uma baixa visibilidade, de menos de 500 metros”.

Em novembro passado, o Banco Mundial alertou para a possibilidade de o Iraque sofrer uma queda de 20% nos recursos hídricos até 2050 devido às mudanças climáticas.