Internacional

Ucrânia: Leste do país foi palco de mais de 1.500 violações das tréguas em vigor, assinalam observadores

19 fevereiro 2022 21:25

A área mais afetada situa-se na parte noroeste da região de Lugansk, cerca de 20 quilómetros a sudeste da cidade de Severodonetsk, que é controlada pelas forças de Kiev

19 fevereiro 2022 21:25

Os observadores da OSCE registaram mais de 1.500 violações das tréguas que é suposto estarem em vigor na linha da frente na Ucrânia oriental, em 24 horas, número que constitui um recorde este ano, anunciou este sábado a organização.

Os observadores contabilizaram 591 violações na região de Donetsk e 975 na região de Lugansk, detidas em parte por separatistas pró-russos em guerra com Kiev, entre quinta-feira à noite e sexta-feira à noite, um volume de violações que testemunha o recrudescimento da violência.

O número total de violações quase duplicou em relação às 24 horas anteriores, de acordo com cálculos da agência France Presse, baseados em números da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Entre quarta-feira e quinta-feira, a OSCE tinha denunciado 870 violações.

De acordo com o mapa da OSCE que detalha os incidentes, a área mais afetada situa-se na parte noroeste da região de Lugansk, cerca de 20 quilómetros a sudeste da cidade de Severodonetsk, que é controlada pelas forças de Kiev.

A intensidade da violência na Ucrânia oriental, que há oito anos está em guerra com separatistas apoiados pela Rússia, aumentou esta semana.

No início do dia, os morteiros explodiram a centenas de metros do ministro ucraniano do Interior, Denys Monastyrsky, quando se deslocava para a linha da frente, observaram jornalistas da AFP.