Internacional

Cento e sessenta e seis migrantes resgatados ao largo das Canárias

2 fevereiro 2022 11:37

Migrantes chegam às praias de Dover, em Inglaterra, vindos de França FOTO Getty Images

O Salvamento Marítimo espanhol resgatou acorreu a três embarcações ao sul da Grande Canária e a leste de Lanzarote

2 fevereiro 2022 11:37

O Salvamento Marítimo espanhol resgatou na terça-feira 166 migrantes, incluindo várias mulheres e um bebé, que estavam em três embarcações ao sul da Grande Canária e a leste de Lanzarote, disse esta quarta-feira um porta-voz daquele serviço.

O primeiro resgate foi de uma embarcação pneumática com 61 pessoas de origem subsariana a bordo (40 homens, 17 mulheres, três menores e um bebé), que se encontrava a cerca de 110 quilómetros a sudeste da ilha Grande Canária e a norte da costa do Bojador, no Saara Ocidental.

Os seus ocupantes foram levados pelo navio Guardamar Concepción Arenal para o porto de Arguineguín, na ilha Grande Canária, em Espanha, onde os serviços médicos decidiram encaminhar uma mulher e o bebé para um hospital, declarou o serviço de emergências das Ilhas Canárias à agência de notícias EFE.

Nas águas a leste de Lanzarote, a cerca de 110 quilómetros de Arrecife, o navio Guardamar Calíope socorreu uma embarcação pneumática e um pequeno barco, totalizando 105 migrantes resgatados, que foram transferidos para Puerto del Rosário, na ilha de Fuerteventura.

Cinquenta pessoas de origem subsaariana viajavam na embarcação pneumática (31 homens, 14 mulheres e cinco crianças) e 55 pessoas de origem norte-africana estavam a bordo do pequeno barco (54 homens e uma mulher).

Desse grupo de 105 pessoas, três homens necessitaram de cuidados hospitalares ao chegar a Fuerteventura.