Internacional

Polícia suspeita que homem detido por atropelar dezenas de pessoas em desfile de Natal nos EUA estava a fugir de outro crime

22 novembro 2021 20:25

Mara Tribuna

Mara Tribuna

Jornalista

A rua em Waukesha, no Wisconsin, onde um veículo ultrapassou uma barricada e atavessou um desfile de Natal, matando pelo menos cinco pessoas

tannen maury

Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas

22 novembro 2021 20:25

Mara Tribuna

Mara Tribuna

Jornalista

A polícia interrogou esta segunda-feira um homem suspeito de ter atropelado dezenas de pessoas num desfile de Natal em Waukesha, no estado norte-americano de Wisconsin. O chefe da polícia local, Dan Thompson, identificou o homem que está sob custódia como Darrell Brooks, 39 anos, avança a agência Reuters.

Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas (incluindo crianças e idosos), depois de um SUV vermelho ter invadido um desfile de Natal, este domingo à tarde. O carro derrubou as barreiras de segurança e acelerou a alta velocidade em direção aos artistas, desde bandas a grupos de dança.

A polícia acredita que o condutor estava a fugir de uma outra cena de crime ou incidente quando atropelou as pessoas no desfile. Este episódio não está a ser investigado como terrorismo: Dan Thompson disse em conferência de imprensa que não foi encontrada qualquer indicação nesse sentido.

Um agente da polícia chegou a disparar contra o condutor enquanto o veículo acelerava, mas sem sucesso. Mais tarde, as autoridades anunciaram que “uma pessoa de interesse” foi levada sob custódia e que o SUV foi recuperado.

O presidente da Câmara de Waukesha disse que a cidade está a viver “terror e tragédia quando devia estar a viver a celebração da comunidade”. “Estou profundamente triste por saber que tanta gente da nossa comunidade foi ao desfile mas acabou a ter de lidar com ferimentos e dor”, lamentou Shawn Reilly no domingo.

O FBI está a ajudar a polícia local na investigação.