Internacional

Moçambique: sobreviver à fome é a vida da população deslocada

21 novembro 2021 13:47

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Chegada de deslocados vindos de Cabo Delgado à praia de Paquitequete, Pemba

john wessels/afp/getty images

A região de Cabo Delgado pode estar mais estabilizada, mas os cidadãos não vislumbram um horizonte de regresso à normalidade

21 novembro 2021 13:47

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Há dezenas de milhares de pessoas em Moçambique cujo dia se resume a acordarem, sentarem-se a olhar o horizonte enquanto esperam pelo meio do dia, que é hora de comer o que houver. Voltam a olhar, à espera e, passado outro bocado, vão dormir. Antes tinham as suas machambas (quintas), onde produziam alimentos, às vezes tinham excedentes, que vendiam. Agora vivem na condição de deslocados internos em centros de acolhimento ou com familia­res. Perderam tudo e só não desistem de voltar para casa.