Internacional

Afeganistão: ACNUR inicia ajuda humanitária por via aérea

2 novembro 2021 15:47

Protesto de refugiados afegãos revelando que não se sentem seguros no país

anadolu agency

A agência das Nações Unidas para os refugiados (ACNUR) vai iniciar um programa de ajuda humanitária por via aérea a refugiados afegãos que tenham necessidades durante "a estação fria", visto que é uma altura em que o número de deslocados aumenta

2 novembro 2021 15:47

A agência das Nações Unidas para os refugiados (ACNUR) anunciou hoje o início do programa de assistência humanitária ao Afeganistão por via aérea, para ajudar milhares de deslocados antes da chegada do frio do inverno.

De acordo com a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), Shabia Mantoo, um avião com 33 toneladas de ajuda humanitária deixou hoje Sharjah (Emirados Árabes Unidos) com destino a Cabul, capital afegã, iniciando uma nova etapa de auxílio.

O ACNUR já está a preparar mais dois carregamentos para o Afeganistão, ainda esta semana, à medida que as necessidades dos refugiados e deslocados aumentam com a aproximação do inverno, quando as temperaturas em partes do país podem chegar a 25 graus Celsius negativos.

"Muitas famílias deslocadas não têm abrigo adequado e algumas que voltaram aos seus locais de origem também não têm casas preparadas para a estação fria", explicou Mantoo.

A ajuda humanitária fornecerá equipamentos de preparação dos alojamentos, que incluem material isolante ou resistente ao calor (para permitir a instalação de aquecedores).

O conflito e a insegurança no Afeganistão forçaram a saída de 3,5 milhões de pessoas, 700.000 delas no ano passado, num processo agravado pela tomada de poder pelos talibãs, em agosto deste ano.

O ACNUR procura ajudar pelo menos meio milhão de pessoas deslocadas e o seu programa de atendimento também abrange pessoas que voltaram para as suas casas depois de abandoná-las devido às situações de violência.