Internacional

Talibãs mataram pelo menos 20 civis no Afeganistão, avança a BBC

13 setembro 2021 23:50

javed tanveer/getty images

Pelo menos 20 civis foram mortos no Vale Panjshir no Afeganistão, que foi palco de combates entre os talibãs e as forças da oposição, relata a BBC, que diz ter provas dos assassinatos perpetrados pelos talibãs

13 setembro 2021 23:50

Imagens de uma estrada poeirenta em Panjshir mostram um homem a usar equipamento militar rodeado por combatentes talibãs e que acaba por ser morto num tiroteio. Não é claro se pertencia ao exército porque os uniformes são comuns na região.

A BBC adianta que houve pelo menos 20 mortes deste tipo em Panjshir. Uma das vítimas identificadas era um comerciante e pai de dois filhos chamado Abdul Sami. Acabou por ser detido, acusado de vender cartões SIM às forças da oposição. O seu corpo foi largado perto de casa dias mais tarde e mostrava sinais de tortura, segundo testemunhas.

O Vale Panjshir tem sido um ponto de resistência no Afeganistão. Quando os talibãs lá entraram, encorajaram os residentes a continuarem com as suas vidas. "Devem sair, fazer as suas atividades diárias. Se são lojistas, podem ir para as lojas", disse o porta-voz Malavi Abdullah Rahamani.

Mas as imagens no terreno mostram os mercados agora abandonados. Os residentes têm tentado fugir de Panjshir, com longas filas de veículos a formarem-se abaixo do vale.

Os talibãs negam ter como alvo os civis. Mas depois das notícias de um massacre de membros da minoria Hazara e da morte de uma mulher polícia, pode ser mais um sinal de que a realidade no terreno difere das promessas dos talibãs.