Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Condutor detido em Ibiza acusou a presença de todas as substâncias proibidas

Foi na madrugada do Ano Novo que ocorreu esta situação algo bizarra, que provavelmente não foi a única do seu tipo

Luís M. Faria

Jornalista

Um condutor de 31 anos que conduzia de forma errática em Ibiza, pondo em risco as outras pessoas na via, foi detido pela polícia e submetido a diferentes exames que acusaram a presença de todas as cinco substâncias proibidas que os testes podiam detetar: anfetaminas, metanfetaminas, opiáceos, canabis e cocaína.

A detenção ocorreu por volta das três da manhã de segunda-feira. Uma vez revistado o homem, foram encontrados 20 comprimidos cor-de-rosa e vários outros, bem como "um pacote com uma substância de cor castanha e um peso de 15 gramas", segundo a descrição surgida na imprensa espanhola.

Além da multa por conduzir sob o efeito de droga (1000 euros) e a penalização na carta de condução, o homem fica sujeito a sanções penais por delitos contra a segurança viária - e, eventualmente, não só. Para já, a sanção mínima deverá ser a retirada da carta durante bastante tempo. Uma eventual pena de prisão até seis meses também não está excluída.