Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Rocket man” e “total destruição da Coreia do Norte” são águas passadas. Trump anuncia segundo encontro com Kim

EPA

“O Presidente Kim tem sido muito aberto e fantástico, francamente. E eu penso que ele quer ver algo acontecer. Teremos um segundo encontro com o Presidente Kim num futuro que não será muito distante", revelou Donald Trump à margem da assembleia-geral da ONU, onde vai discursar esta terça-feira

Este é um excerto do discurso de Donald Trump há sensivelmente um ano na assembleia-geral das Nações Unidas. O 45.º Presidente norte-americano afirmou então que o “rocket man”, o nome que escolheu para retratar Kim Jong-un, caminhava para o “suicídio”, dele próprio e do regime, e que se fosse necessário os Estados Unidos “destruiriam totalmente” a Coreia do Norte.

Os ventos mudaram desde então. Os humores e as perceções idem. Donald Trump encontrou-se com o líder norte-coreano em junho, em Singapura, e daí resultou uma ligação inesperada. “Aprendi que é um homem muito talentoso e também que ama muito o seu país. (...) Tivemos um dia magnífico e aprendemos muito sobre cada um de nós e dos nossos países”, disse Trump na ressaca do encontro. Naquele 12 de junho, os líderes de EUA e Coreia do Norte assinaram um acordo para colocar em marcha a desnuclearização daquele país asiático.

Encontro histórico entre Kim Jong-un e Donald Trump, a 12 de junho, no Hotel Capella, na ilha de Sentosa, Singapura

Encontro histórico entre Kim Jong-un e Donald Trump, a 12 de junho, no Hotel Capella, na ilha de Sentosa, Singapura

SAUL LOEB/AFP/Getty Images

Quase um ano depois, Donald Trump voltará a falar na assembleia-geral da ONU, num discurso que deverá ter o Irão debaixo da mira. Num encontro à margem da mesma, Trump reuniu-se com o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que diz ter levado uma mensagem de Kim Jong-un. A seguir, o norte-americano confirmou que estará para breve o anúncio de um segundo encontro com Kim, conta o britânico “The Guardian”.

“O Presidente Kim tem sido muito aberto e fantástico, francamente. E eu penso que ele quer ver algo acontecer. Por isso, fizemos muito bem relativamente à Coreia do Norte”, afirmou Trump. “Teremos um segundo encontro com o Presidente Kim num futuro que não será muito distante. Julgo que o encontro será brevemente anunciado e a sua localização determinada.”

Mike Pompeo já recebeu luz verde para organizar a reunião. O secretário de Estado norte-americano viajará para a Coreia do Norte num futuro próximo.