Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Se não há carne no talho, Maduro vai ao restaurante

Com as prateleiras vazias, talhantes e clientes aguardam por fornecimentos de carne num país onde o cidadão médio perdeu 11 quilos em 2017

FOTO Miguel Gutierrez/EPA

Refeição de luxo do Presidente da Venezuela na Turquia chocou um país esfomeado

Daniel Lozano, correspondente em Caracas

O festim de carne de que Nicolás Maduro desfrutou na companhia da mulher, Cilia Flores, em Istambul, elevou o nível de indignação num país castigado pela escassez alimentar e intensificou as críticas da oposição. A última sondagem da Meganalysis confirma a existência de uma profunda crise humanitária: 30,5% dos venezuelanos comem apenas uma vez por dia, 28,5% não comem nada ou quase nada um dia por semana e 78,6% reconhecem a grave falta de alimentos.

Para continuar a ler, clique AQUI