Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump diz que decisão de Bush de invadir Iraque e Afeganistão foi “o pior erro da História dos EUA”

Chip Somodevilla/Getty Images

O Governo dos EUA mantém cerca de 5.200 soldados no Iraque e cerca de dois mil na Síria para combater o grupo extremista Estado Islâmico

O Presidente dos EUA disse numa entrevista divulgada na quarta-feira que o "pior erro da História dos Estados Unidos" foi a invasão do Iraque e do Afeganistão decidida por George W. Bush (2001-2009).

"O pior erro já cometido na História do nosso país: entrar no Médio Oriente, pelo Presidente [George W.] Bush", disse Donald Trump em entrevista ao jornal digital "The Hill".

"Talvez (o Presidente Barack) Obama (2009-2017) tenha saído mal [as tropas no Iraque e parte do destacamento no Afeganistão], mas ter ido para lá é, para mim, o pior erro já cometido na História do país", reiterou.

Trump não mencionou diretamente o Iraque ou o Afeganistão, mas desde a sua campanha eleitoral que tem expressado a sua irritação com a decisão de Bush em invadir esses países após os ataques de 11 de setembro de 2001.

Em 2016, a "Business Insider" publicou um artigo em que se podia escutar Trump, no programa de Howard Stern, em 2002, a afirmar que era favorável à decisão de George W. Bush.

Apesar da nova orientação quanto a política externa, Trump ordenou no ano passado que fosse aumentado o número de soldados dos EUA no Afeganistão e eliminados os prazos para a retirada das tropas, encontrando-se neste momento destacados naquele país cerca de 14 mil soldados norte-americanos.

O Governo dos EUA também mantém cerca de 5.200 soldados no Iraque e cerca de dois mil na Síria para combater o grupo extremista Estado Islâmico.