Inimigo Público

Marcelo foi ao Qatar criticar os direitos humanos em Portugal

Se não aconteceu, podia ter acontecido

O Presidente da República foi ver o Portugal X Gana, invadiu a flash interview e comeu tremoços com o Emir. Marcelo aproveitou, como prometido, para deixar uma mensagem humanitária muito forte que deixou o monarca à beira das lágrimas e foi acompanhada ao piano por um holograma de John Lennon a tocar “Imagine”. “Eu disse que vinha cá falar de direitos humanos, falei e está falado. Então admite-se a maneira como Portugal trata os migrantes nas estufas de Odemira? E os timorenses? Se Infantino der o Mundial de 2030 a Portugal, o FBI deve conduzir buscas na Cidade do Futebol em Oeiras!”. O PR também assegurou ao Emir que “houve sururu em Beja, anteontem, Carlos Alexandre está ao comando das operações e por isso vai acabar tudo preso. Mas enfim, majestade, esqueçamos isto.” M.B.


Leia o Inimigo Público todos os dias aqui e à sexta-feira na edição semanal do Expresso. Siga o IP no Facebook, Instagram, Mastodon e Twitter.

+ Vistas