Projetos Expresso

O impacto da sustentabilidade na contabilidade das empresas

20 setembro 2022 11:27

O ambiente é a face mais visível da sustentabilidade, mas as vertentes económica e social são igualmente fundamentais

getty images

As práticas ambientais, sociais e de governança vão passar a ser certificadas e avaliadas tal como são as informações financeiras e isso vai implicar alterações que serão debatidas no 7º Congresso da Ordem dos Contabilistas Certificados, ao qual o Expresso se associou, e que decorre de 21 a 23 de setembro, entre amanhã e sexta-feira

20 setembro 2022 11:27

A partir de janeiro de 2023, por imposição de uma directiva europeia publicada em abril de 2021, as grandes empresas e as PME suas participadas vão ser obrigadas a publicar um relatório de sustentabilidade, ou seja, um documento onde explicam o que fizeram e/ou vão fazer em termos ambientais, sociais e de governança. Por exemplo, se investiram em eficiência energética ou renováveis, se cumprem com as obrigações de igualdade de género, se protegem o ambiente ou contribuem para a região.

Além disso, a partir da mesma data, esses relatórios terão de ser certificados por uma entidade independente, tal como hoje acontece com os reportes financeiros, que ateste que as informações que lá constam são verdadeiras. Um papel que pode vier a caber aos contabilistas certificados e que justifica, em parte, que o tema central do 7º Congresso da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) seja a sustentabilidade, em todas as suas vertentes: ambiental, social, governança e financeira.

A outra parte que justifica a escolha deste tema é, talvez, mais óbvia: a sustentabilidade está na ordem do dia e, com estas novas regras, as empresas vão mesmo ter apostar mais em todas as suas vertentes e, dessa forma, contribuir para o cumprimento das metas energéticas e de redução das emissões, mas também ser mais responsáveis ética e socialmente. Características que os investidores, a banca, os parceiros e clientes procuram cada vez mais nas empresas, diz Paula Franco, bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC).

Por isso é que durante os três dias deste encontro estarão presentes sete mil contabilistas certificados e 25 oradores que versarão sobre as várias vertentes da sustentabilidade, como os oceanos; os desafios populacionais; a responsabilidade social das empresas; a saúde mental; o empreendedorismo social; a ética; o financiamento ou as métricas e índices sustentáveis que vão ter de se criados para medir tudo isto.

Será ainda debatido o ponto de situação das novas regras europeias aprovadas em 2021 e qual o impacto que isso terá nos contabilistas e nas empresas. “Em Portugal ainda somos muito permissivos, mas noutros países, as empresas já são mesmo sustentáveis. Este congresso também quer despertar essa consciência”, remata Paula Franco.


7º Congresso da Ordem dos Contabilistas Certificados

O que é?

É o encontro anual dos contabilistas certificados que, este ano, estará focado no tema da sustentabilidade - ambiente social e governança.

Quando, onde e a que horas?

De 21 a 23 de setembro na Altice Arena, em Lisboa (Dia 21, a partir das 14h; dia 22 das 9h às 19h; dia 23, das 09h às 14h).

Quem vai estar presente?

Estão confirmados 25 oradores das mais variadas áreas da economia e da sociedade, incluindo:

  • Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República
  • Paula Franco, bastonária da Ordem dos Contabilistas
  • Fernando Medina, ministro das Finanças
  • António Costa e Silva, ministro da Economia e do Mar
  • Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social
  • António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais
  • Tiago Pitta e Cunha, administrador executivo da Fundação Oceano Azul e Prémio Pessoa 2021

Veja aqui o programa completo.

Porque é que este encontro é central?

A partir de 2023, as grandes empresas e suas participadas terão de relatar e a certificar tudo o que fizeram em termos de sustentabilidade. Isto obriga os contabilistas e as empresas a preparem-se, porque esse relato não financeiro é cada vez mais relevante quando se pede um empréstimo ou se procura investimento.

Onde posso ver?

No Facebook do Expresso.