Siga-nos

Perfil

Carro do Ano 2016

Inscritos

Honda Civic 1.6 5p 120 CV 9 AT

Honrando as suas 4 décadas de herança, o Civic mantém-se um automóvel fiel ao conceito original de "um carro para todos

A décima geração do Honda Civic surge fruto do maior programa de desenvolvimento da história da marca japonesa. Este objetivo exigiu novas formas de pensar e novas abordagens à construção da carroçaria, à componente aerodinâmica do veículo e ao design do chassis.

Honrando as suas 4 décadas de herança, o Civic mantém-se um automóvel fiel ao conceito original de "um carro para todos, um automóvel para o mundo" que sempre patenteou este modelo. Mais largo, mais longo e mais baixo do que qualquer um dos seus antecessores, a face afilada e agressiva, as cavas das rodas pronunciadas e as entradas de ar esculpidas à frente e atrás, deixam antever a inclinação desportiva do Civic.

Plataforma totalmente nova

A carroçaria tem um peso mais baixo, mas é mais rígida – fruto das tecnologias e novas técnicas de construção – e complementa o baixo centro de gravidade e as suspensões melhoradas.

Os interiores renovados apresentam a segunda geração do sistema de infotainment e conectividade da Honda – o sistema Connect – incorpora já a integração Apple CarPlay e Android Auto para smartphones.

O conjunto de sistemas avançados de segurança e assistência à condução – denominado Honda Sensing – equipa todas as versões do modelo.

O Honda Civic 5 portas está disponível com o motor 1.6 i-DTEC diesel de 120cv. O objetivo de desenvolvimento na renovação deste motor foi oferecer respostas mais enérgicas proporcionando mais sensibilidade ao condutor, à custa da aplicação de tecnologias de precisão, em conjunto com níveis de NOx mais reduzidos.

As melhorias no bloco de 1.6 litros diesel incluem tecnologias de redução do atrito nos cilindros, melhorias da eficiência de conversão dos óxidos de azoto (NOx) e o desenvolvimento das capacidades de condução do veículo. Os engenheiros da Honda recorreram a novos processos de produção, diferentes materiais e componentes de nova geração para obter um motor revisto.

Nesta unidade 1.6 i-DTEC os pistões são de aço forjado. A utilização deste material reduz as perdas de arrefecimento, evitando que a energia térmica se escape do bloco do motor, e possibilita a melhoria das transferências térmicas. Estas alterações permitem que a cabeça do motor seja mais estreita e mais leve. Para reduzir ainda mais o peso, é usada uma cambota de elevada resistência, mais esguia e de peso mais baixo. Este novo motor é 280 gramas mais leve do que a anterior geração de motores 1.6 litros i-DTEC diesel. Os valores anunciados são de 4.1 l/100km – para todas as versões em ambos modelos, Sedan de 4 portas e hatchback de 5 portas.

O motor produz 120 cv (88 kW) a 4.000 rpm e 300 Nm de torque a 2.000 rpm. Combinado com a caixa de velocidades automática de nove velocidades, poderá levar o Civic dos 0 aos 100 km/h em 11 segundos e até uma velocidade máxima de 200 km/h.

No ciclo combinado do teste NEDC, o novo Civic i-DTEC Automático de 1.6 litros registou emissões de CO2 de 108g/km (quatro portas) e 109g/km (cinco portas).

Destaque para a caixa automática de 9 velocidades. De acordo com os técnicos da marca nipónica, as mudanças mais baixas proporcionam um arranque suave e potente, enquanto as mais altas garantem baixa velocidade do motor durante a condução, o que reduz o consumo de combustível e o ruído, algo que será avaliado pelos jurados.

A gama Honda Civic apresenta, para além da versão 1.6 i-DTEC, duas motorizações VTEC TURBO a gasolina: 1.0T com 129cv e 1.5T com 182cv.

O Honda Civic Diesel está disponível a partir de 27.300€, na versão de equipamento Comfort com 5 anos de garantia Honda e 5 anos de assistência em viagem.

O modelo Civic hatchback de cinco portas é montado na Honda da UK Manufacturing em Swindon, e o Sedan de quatro portas continua a ser construído na Turquia para os mercados europeus. O Civic 1.6 litros i-DTEC automático está disponível em versões de quatro e cinco portas.