Guerra na Ucrânia

Há uma semana, um ataque relembrou Kiev da invasão Russa: estes são retratos das marcas que deixou

17 outubro 2022 12:24

Andre Luís Alves, em Kiev

andré luís alves

Kiev já não sentia os mísseis a cair há quase três meses. Até que, ha uma semana, vários explodiram na cidade, lembrando que a guerra pode ter virado contra Putin, mas que o Kremlin não vai baixar a guarda. Em Kiev, o repórter André Luís Alves foi ouvir seis cidadãos da capital ucraniana, tentando desvendar as marcas que o ataque deixou

17 outubro 2022 12:24

Andre Luís Alves, em Kiev

Putin completou 70 anos no dia 7 de Outubro. No dia seguinte a ponte que une a Rússia à península da Crimeia através do estreito de Kerch, e que é um símbolo da anexação Russa em 2014, foi atacada tendo um dos sentidos de circulação ficado intransitável. A mensagem “Presente para Putin” circulou nas redes sociais e os ucranianos celebraram. O ataque não foi assumido pela Ucrânia oficialmente mas os media ucranianos avançaram que foi levado a cabo pelos Serviços Secretos da Ucrânia (SBU). Putin prometeu uma retaliação forte.