Guerra na Ucrânia

Esta é a SAC, a divisão especial da CIA que treina ucranianos na arte clássica da espionagem (e que os ajudou a recuperar terreno à Rússia)

18 setembro 2022 8:08

Ricardo Lourenço

Ricardo Lourenço

Correspondente nos Estados Unidos

Forças ucranianas chegam a Izium, esta semana, depois da retirada das tropas russas

metin aktas/anadolu agency via getty images

Veteranos da CIA, do Pentágono e do Departamento de Estado comentam para o Expresso o auxílio da secreta dos EUA ao aliado do Leste. Uma cooperação que passa pela preparação de militares da Ucrânia e a partilha de informações

18 setembro 2022 8:08

Ricardo Lourenço

Ricardo Lourenço

Correspondente nos Estados Unidos

O Special Activities Center (SAC) é a divisão da CIA responsável pelas operações paramilitares tidas como as mais sigilosas. Exclusivamente composta por ex-membros das forças especiais, a secreta americana recruta-os, treina-os e transforma-os numa espécie de soldados híbridos, capazes de executar missões de combate sensíveis, mas também de serem uns clássicos espiões. Viajam pelo mundo em pequenas unidades, participando em todo o tipo de conflitos.

Na Ucrânia, treinam a maioria dos congéneres locais, em parceria com outras unidades de elite, caso dos Navy SEALs e da Força Delta.