Guerra na Ucrânia

Cravinho visita Irpin e condena crimes de guerra

24 agosto 2022 15:42

Guerra na Ucrânia, Borodyanka

rui duarte silva

Na ida à Ucrânia, o ministro dos Negócios Estrangeiros visitou a cidade de Irpin, tendo condenado os “crimes de guerra” atribuídos às forças russas. João Gomes Cravinho disse não ver “nenhum objetivo militar” que justifique os ataques

24 agosto 2022 15:42

O ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, visitou esta quarta-feira a cidade de Irpin, nos arredores de Kiev, e condenou “crimes de guerra” apontados às forças russas no início da invasão da Ucrânia.

Durante a visita, onde foi recebido pelo chefe de Departamento de Relações Externas da Administração Regional de Kiev, Gomes Cravinho salientou, depois de ver ao vivo o nível de destruição desta cidade-satélite de Kiev, que “se veem bairros e bairros residenciais e não há aqui nenhum objetivo militar que justifique” os ataques russos.

Para o ministro dos Negócios Estrangeiros, trata-se de “crimes de guerra”, agravados por terem ocorrido quando a Rússia se retirava da região.

Portugal, afirmou, “está a colaborar com o Tribunal Penal Internacional e a Procuradoria-Geral ucraniana” na investigação destes crimes.