Guerra na Ucrânia

Putin diz que Rússia é "potência mundial forte e independente" que só segue políticas "que satisfaçam os seus interesses fundamentais"

22 agosto 2022 7:21

Vladimir Putin

mikhail svetlov

Num vídeo por ocasião do Dia da Bandeira Nacional, que se comemora a 22 de agosto, o Presidente da Rússia anunciou ainda que a partir de setembro todas as escolas do país iniciarão cada semana escolar com uma cerimónia de hasteamento da bandeira e entoação do hino nacional

22 agosto 2022 7:21

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou este domingo que a Rússia, "como nação poderosa e independente", procurará apenas políticas "que satisfaçam os seus interesses fundamentais", de acordo com os media oficiais.

Num vídeo por ocasião do Dia da Bandeira Nacional, que se comemora a 22 de agosto, Putin anunciou ainda que "a partir de 01 de setembro deste ano todas as escolas do país iniciarão cada semana escolar com uma cerimónia de hasteamento da bandeira e entoação do hino" nacional.

Vladimir Putin salientou que a Rússia "manter-se-á fiel aos valores tradicionais e, como nação poderosa e independente, procurará apenas aquelas políticas que satisfaçam os seus interesses fundamentais", segundo o Sputnik.

"A Rússia é uma potência mundial forte e independente. No cenário internacional estamos comprometidos a seguir apenas aquelas políticas que satisfaçam os interesses vitais da nossa pátria", acrescentou.

A bandeira russa simboliza "a fé" nos "valores tradicionais" russos: "a verdade e a justiça, a solidariedade e a misericórdia, e o respeito pela história ininterrupta de séculos da Rússia, conquistas e vitórias dos nossos antepassados que nos inspiram a cuidar e a defender a nossa pátria e nunca permitir nenhuma hegemonia estrangeira", prosseguiu.

O estandarte russo pressupõe, disse ainda: "Viver segundo a nossa própria vontade, eleger o nosso próprio caminho e segui-lo, tornou-se parte do código genético do nosso povo".

Salientou ainda que a "bandeira nacional e a indelével Bandeira Vermelha da Vitória incutem na nova geração um apreço pelos valores do patriotismo, da cidadania e da responsabilidade pelo futuro da pátria", segundo a agência oficial Tass.

Relativamente ao hasteamento da bandeira nas escolas a partir de setembro, Vladimir Putin afirmou que "será sempre um símbolo sagrado para todas as gerações" e que irá inspirar os cidadãos à glória militar, conquistas profissionais e novos patamares na ciência, cultura e desportos.