Exclusivo

Empresas

“Investimentos em Angola são muito bons se houver condições para fazer bem”, diz presidente da Caixa Angola

“Investimentos em Angola são muito bons se houver condições para fazer bem”, diz presidente da Caixa Angola
João Carlos Santos

Técnica, tempo e capital são os pilares do sucesso num país onde a atividade bancária está a ficar mais exigente, afirma João Plácido Pires, presidente da comissão executiva do Banco Caixa Geral Angola

“Os investimentos em Angola são muito bons se houver condições para fazer bem. As coisas podem não começar logo a correr, mas tendo condições para dar tempo [aos projetos] corre sempre bem”, afirma João Plácido Pires, presidente da comissão executiva do Banco Caixa Geral Angola.

Do lado da instituição bancária que dirige, “há toda a disponibilidade” para apoiar empresas portuguesas que queiram aventurar-se em Angola, garantiu ao Expresso à margem do “Fórum Económico Portugal – Angola: Construção de Relações Sólidas”, que decorreu esta semana no Porto, onde vários membros do governo angolano vieram pedir aos empresários portugueses ajuda para diversificar a dependência do país do petróleo e das importações de alimentos.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: mmcardoso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas