Imobiliário

Imobiliária portuguesa Zome aumentou faturação em 11% em 2022, para 27,5 milhões de euros

20 janeiro 2023 12:53

A mediadora imobiliária Zome faturou em 2022 mais de 27 milhões de euros, com um crescimento de 11,1% face ao período homólogo. O número de transações estabilizou, mas o valor médio dos imóveis subiu e alimentou o aumento das receitas

20 janeiro 2023 12:53

A mediadora imobiliária Zome faturou em 2022 mais 11,1% face ao ano anterior, subindo as receitas para os 27,5 milhões de euros, anunciou a empresa em comunicado.

O volume de transações efetuadas no ano passado pela imobiliária nacional alcançou os 1034 milhões de euros, uma subida de 35,5% face a 2021. O número total de transações mediadas foi 5770 no ano passado, em linha com o nível de 2021.

O valor médio dos imóveis transacionados foi de 218 mil euros, um aumento de 11,9% face ao ano anterior, de acordo com a empresa.

A empresa fechou o ano com 44 agências - o dobro face a 2021, com aberturas na Madeira e nos Açores, as primeiras lanças fora do território continental - e com 1744 trabalhadores, mais 62,4%.

De acordo com Patrícia Santos, presidente executiva da Zome, citada no comunicado, “esta evolução está alinhada com a nossa ambição de crescer em Portugal, mas também em Espanha (…) acreditamos que, muito em breve, vamos assinalar o marco dos 50 hubs imobiliários”, destaca Patrícia Santos.