Exclusivo

Energia

Maior parte do país já tem contador inteligente, mas muitas famílias ainda pagam a luz por estimativa: saiba como está o seu concelho

Maior parte do país já tem contador inteligente, mas muitas famílias ainda pagam a luz por estimativa: saiba como está o seu concelho
Dan Kitwood / Getty Images

Há mais de 2 milhões de consumidores de eletricidade que ainda estão arredados dos benefícios das redes inteligentes. O país tem municípios muito avançados, e outros muito atrasados. Veja no mapa como pontua o seu

Maior parte do país já tem contador inteligente, mas muitas famílias ainda pagam a luz por estimativa: saiba como está o seu concelho

Miguel Prado

Jornalista

Foi no longínquo ano de 2007 que a EDP lançou o projeto Inovgrid, visando criar em Portugal uma rede elétrica inteligente. Em 2010 Évora seria escolhida como palco do projeto Inovcity, para testar no município alentejano os benefícios da digitalização da contagem. Mas mais de uma década volvida Portugal revela ainda lacunas e assimetrias no capítulo da contagem inteligente. Embora a maior parte dos consumidores já tenham contadores digitais, há vários municípios onde são menos de 20% os clientes de eletricidade cobertos por leituras remotas e em tempo real.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: mprado@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas