Energia

Norges Bank adquire 49% de carteira de projetos de energias renováveis da Iberdrola

17 janeiro 2023 10:16

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

denis doyle / getty images

O Norges Bank acordou investir 600 milhões de euros numa carteira de projetos eólicos e solares da Iberdrola, ficando com uma participação de 49% nesse negócio

17 janeiro 2023 10:16

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O banco central da Noruega, o Norges Bank, acordou adquirir uma participação de 49% num conjunto de empresas da espanhola Iberdrola para o desenvolvimento de projetos de energias renováveis, informou a Iberdrola em comunicado ao mercado esta terça-feira.

A carteira de projetos tem uma potência total de 1265 megawatts (MW), dos quais apenas 137 MW estão já em operação e a capacidade restante em fase de desenvolvimento. Trata-se de projetos eólicos em terra e também projetos fotovoltaicos em Espanha.

Na sequência da aquisição das participações nas várias empresas controladas pela Iberdrola, essas posições serão transferidas para uma holding nova, que será detida nas mesmas proporções: 51% para a Iberdrola e 49% para o Norges Bank.

De acordo com o comunicado da Iberdrola, a carteira de projetos renováveis em causa ficou avaliada em cerca de 1,2 mil milhões de euros, com o investimento do Norges Bank nesta operação a ascender a 600 milhões de euros.

Apesar da dimensão da operação, ela não terá um impacto relevante nos resultados consolidados da Iberdrola este ano, de acordo com a elétrica espanhola.

No final de 2021 o Norges Bank detinha participações acionistas em 17 empresas portuguesas, sendo os maiores investimentos na EDP (mais de 500 milhões de euros) e na Jerónimo Martins (perto de 200 milhões de euros). À época, correspondiam a participações de 2,4% e 1,33%, respetivamente.

O banco norueguês tem algumas outras participações qualificadas em destaque em Portugal, aparecendo ainda na lista de acionistas de referência dos CTT, com uma posição atual de 2,14% (no final de 2021 era de 4,02%).