Criptomoedas

Banco de retalho cria 'stablecoin' indexada ao dólar australiano

20 janeiro 2023 15:25

As criptomoedas têm proliferado. Além da conhecida bitcoin, também são faladas as ethereum ou dogecoin.

dado ruvic

É o segundo banco australiano a fazê-lo e um dos primeiros no mundo a cunhar uma stablecoin. O criptoativo indexado ao dólar australiano do National Australia Bank está em testes

20 janeiro 2023 15:25

O National Australia Bank, banco australiano de retalho, lançou a segunda stablecoin cunhada por um banco na Austrália, e uma das primeiras do mundo a serem criadas pela banca tradicional.

Segundo a Bloomberg, em notícia desta sexta-feira, 20 de janeiro, a stablecoin AUDN, indexada ao dólar australiano, está atualmente em fase de testes e a estudar possíveis aplicações futuras.

“O nosso foco está em investigar casos de uso onde há muita fricção e benefícios óbvios para os clientes, em particular as grandes empresas”, disse o diretor de inovação do banco, Howard SIlby, citado pela agência.

Uma stablecoin é um criptoativo cujo valor está indexado a um ativo de alta liquidez, geralmente moedas fiduciárias ou commodities como ouro. São um pilar de estabilidade de valor nos ecossistemas "cripto", caracterizado de outra forma pela volatilidade de preços, e são, na maioria das vezes, garantidas por ativos no mesmo valor.

O banco australiano é o segundo na região a criar uma stablecoin, seguindo-se ao Australia & New Zealand Banking Group, que cunhou a sua em 2022. Fazem ambos parte de uma tendência global em que bancos do retalho - como o norte-americano New York Community Bank, que também já cunhou a sua stablecoin - investigam novas formas de agilizar pagamentos e oferecer novos serviços com base na blockchain.