Economia

Empresa britânica de telecomunicações que tinha Abramovich como sócio foi comprada por uma libra

24 janeiro 2023 17:06

alexander hassenstein - uefa / getty images

A Truphone recebeu um investimento de mais de 300 milhões de libras de Abramovich, que detinha 23% da empresa, e dos seus sócios russos. Mas foi agora vendida por uma libra a dois novos donos

24 janeiro 2023 17:06

A empresa de telecomunicações sediada em Londres Truphone, que tinha recebido dinheiro do oligarca russo Roman Abramovich, foi vendida por uma libra, escreve o “Financial Times”.

O empresário Hakan Koç e o gestor de telecomunicações Pyrros Koussios compraram a Truphone esta terça-feira, após uma longa investigação do Governo britânico sobre as implicações de segurança nacional do acordo.

Os dois investidores receberam autorização da área do Governo que tutela os negócios, energia e estratégia industrial no mês passado e uma licença da divisão do Tesouro que acompanha as sanções financeiras na semana passada.

“É um alívio, podemos finalmente começar a trabalhar”, disse Koç ao jornal económico.

Havia uma grande incerteza em torno da empresa devido às sanções aplicadas a Abramovich, que detinha 23% da empresa. O futuro da empresa, e consequentemente dos seus 446 funcionários, era desconhecido.

A Truphone - que, entre outras atividades, vende cartões de telemóveis - foi avaliada em 410 milhões de libras em 2020 e recebeu mais de 300 milhões de libras de Abramovich e dos seus dois parceiros de negócios russos, Alexander Abramov e Alexander Frolov.

Agora, a Truphone foi comprada pela TP Global Operations, de Koç e Koussios, e os dois investidores comprometeram-se a investir até 15 milhões de libras na empresa nos próximos anos, por forma a expandir o negócio e tornar a empresa sustentável.