Economia

Inflação nos Estados Unidos desceu para 6,5% em dezembro

12 janeiro 2023 15:26

mandel ngan/ getty images

A inflação nos EUA abrandou para 6,5% em dezembro do ano passado, segundo a estimativa publicada esta quinta-feira pelo Bureau of Labor Statistics em Washington. É a mais baixa desde outubro de 2021

12 janeiro 2023 15:26

A taxa de inflação nos Estados Unidos desceu para 6,5% em dezembro do ano passado, segundo a estimativa publicada esta quinta-feira pelo Bureau of Labor Statistics, responsável por estes dados. É o nível mais baixo desde outubro de 2021 e confirma que o surto inflacionista está a desacelerar desde junho do ano passado, quando a inflação chegou a 9,1%.

A inflação subjacente, que exclui as componentes dos preços no consumidor mais voláteis (como a energia e a alimentação), também desceu para 5,7% no último mês de 2022.

A diferença de ritmo entre os EUA e a zona euro acentuou-se em termos de surto inflacionista. Em dezembro, a inflação na área do euro desceu para 9,2% (quase três pontos percentuais acima da registada nos EUA) e a subjacente subiu para 5,2% (ao contrário da trajetória descendente na economia norte-americana). A taxa média anual foi de 8% nos EUA e 8,4% na zona euro. Recorde-se que, para Portugal, foi de 7,8%, segundo o Instituto Nacional de Estatística, e de 8,1% no índice harmonizado usado pelo Eurostat.

O abrandamento do surto inflacionista nos EUA reflete-se no mercado de futuros da taxa diretora da Reserva Federal norte-americana (Fed). O ritmo de aumento dos juros em 2023 deverá abrandar, segundo as probabilidades mais elevadas registadas pela Fed Watch Tool da plataforma de derivados CME.

Os futuros apontam para uma probabilidade de 87% para uma subida de apenas 25 pontos-base na reunião de 1 de fevereiro (a próxima) e de 72% para um aumento similar de um quarto de ponto percentual na reunião de 22 de março.

As probabilidades apontadas pela CME indicam que a taxa diretora da Fed, atualmente no intervalo de 4,25% a 4,5%, chegará a 4,75%-5% no final do primeiro trimestre de 2023.

Também a China divulgou esta quinta-feira a estimativa de inflação para dezembro do ano passado, com a taxa a subir ligeiramente para 1,8%. A média anual ficou em 2%, a mais baixa do G20.