Economia

Bancários vão protestar junto do Novo Banco, BPI e Santander contra propostas salariais da banca

11 janeiro 2023 12:19

antónio cotrim / lusa

O Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) convocou para esta quinta-feira, 12 de janeiro, manifestações em Lisboa para protestar contra as propostas dos bancos de atualizações salariais para 2023

11 janeiro 2023 12:19

O sindicato dos quadros da banca vai sair à rua esta quinta-feira, 12 de janeiro, em protesto contra a proposta dos bancos em matéria de aumentos salariais.

Em causa está o facto de o SNQTB ter proposto aumentos de 6,25% para 2023 e os bancos terem respondido com uma contra-proposta de 2,5%, o que o sindicato considera manifestamente pouco face ao nível da inflação e aos aumentos salariais (1,1%) em 2022.

“As manifestações têm por objetivo o protesto contra os aumentos salariais propostos pelos bancos para 2023, e visam as negociações ainda em curso em sede da Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT) tendo em conta os aumentos salariais de 2022”, refere o SNQTB.

A somar a estes fatores, as manifestações que decorrerão esta quinta-feira a diversas horas junto do Novo Banco, BPI e Santander em Lisboa visam ainda “o protesto contra a exclusão dos reformados bancários da meia pensão extraordinária decidida pelo Governo no final do ano passado”.

Para o SNQTB, os 2,5% que os bancos com assento no grupo negociador das instituições de crédito propuseram “não cobre as expectativas de crescimento da inflação em 2023 e muito menos permite recuperar o que foi perdido em 2022”.

As manifestações decorrerão em Lisboa entre as 8h15 e as 9h30 junto ao Novo Banco, na Rua Barata Salgueiro, entre as 12h e as 13h30 junto ao BPI na Rua Fernão Lopes, e entre as 16h15 e as 16h45 junto ao Santander, na Rua da Mesquita.