Economia

Mota Engil voa quase 8%, PSI fecha em terreno positivo

9 janeiro 2023 17:28

thana prasongsin/getty images

O PSI fechou a sessão desta segunda-feira no “verde”, com a Mota Engil em destaque, ao disparar quase 8%. Europa também encerrou em alta

9 janeiro 2023 17:28

O PSI, índice de referência da bolsa portuguesa, encerrou a sessão desta segunda-feira em alta, com uma valorização de 0,3%, para 5935,7 pontos. A Mota Engil destacou-se com um "voo" de quase 8%.

Das 15 cotadas que compõem o PSI, apenas 10 terminaram o dia em terreno positivo, três delas fazem parte do grupo de “pesos pesados” (grupo de cinco cotadas - Jerónimo Martins, BCP, EDP, EDP Renováveis e Galp - que mais influenciam o índice).

Deste grupo de “gigantes” foi a Jerónimo Martins que mais ganhou, ao avançar 1,61%, para 21,52 euros por ação. No “verde” ficaram também o BCP e a EDP Renováveis, com ganhos de 0,52% e 0,1%, para 0,1742 e 20,28 euros, respetivamente.

No entanto, o grande destaque do dia vai para a Mota Engil. A construtora disparou 7,84%, para 1,32 euros por ação.

Por outro lado, cinco cotadas encerraram a “vermelho”, nomeadamente as outras “gigante”, a Galp e a EDP, que perderam 0,32% e 0,27%, para 12,58 e 4,768 euros por ação, respetivamente.

Lisboa segue, assim, a Europa, onde as grandes praças encerraram também em terreno positivo (à exceção de Madrid). O índice de referência europeu (Stoxx 600) ganhou cerca de 1%.