Economia

Combustíveis vendidos na semana passada acima do preço de referência da ERSE

3 janeiro 2023 11:41

Na semana passada a gasolina e o gasóleo foram vendidos acima do "preço eficiente" - um preço médio semanal calculado pela ERSE. No entanto, os preços com descontos ficaram abaixo do preço de referência da ERSE

3 janeiro 2023 11:41

Segundo o relatório semanal de monitorização dos preços dos combustíveis da ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, na semana passada quer o gasóleo, quer a gasolina foram vendidos acima do “preço eficiente”.

"Relativamente à semana anterior verificou-se que a média dos preços de venda ao público anunciados nos pórticos, e reportada no Balcão Único da Energia, esteve 3,1 cent/l [cêntimos por litro] acima do preço eficiente no caso da gasolina 95 simples e 4,5 cent/l acima no caso do gasóleo simples", reporta a ERSE.

Ou seja, no caso da gasolina representa um desvio de 1,8% e no gasóleo 2,7%.

Para a ERSE, o "preço eficiente" é um preço médio semanal que soma os custos dos combustíveis nos mercados internacionais de referência e os respetivos fretes marítimos, a logística primária, incluindo nesta parcela as reservas estratégicas e de segurança do Sistema Petrolífero Nacional, os sobrecustos com a incorporação de biocombustíveis e a componente de retalho acrescida dos impostos respetivos.

Na análise, a ERSE tem em conta os "preços de pórtico", isto é, o preço de venda ao público para os clientes que não têm qualquer desconto.

Mas a ERSE analisa também os preços com descontos, que são publicados pela Direção Geral de Energia e Geologia e incorporando os descontos praticados, como os associados aos cartões frota.

No caso dos descontos, "a gasolina 95 simples apresentou um desvio de -1,5% face ao preço eficiente e o gasóleo simples - 2,1%", ou seja, menos 2,5 cent/l e 3,3 cent/l abaixo dos "preços eficientes", respetivamente.

Relativamente à primeira semana do ano, que se iniciou na segunda-feira, a ERSE determinou que o "preço eficiente" após impostos é de 1,681 euros por litro na gasolina 95 e no gasóleo simples, o que significa um aumento de 2,6% no gasóleo e de 3% na gasolina.

A ERSE justifica este aumento com "a variação semanal das cotações internacionais da gasolina 95 simples em +4,8% e do gasóleo simples em +2,7%", conjugado com a atualização do “sobrecusto relativo à incorporação de biocombustíveis da gasolina 95 simples em +1% e do gasóleo simples em +2,8%” nem como a atualização de ISP (que subiu em ambos os casos).