Economia

Preços dos Tesla em segunda mão estão a cair mais do que a média do mercado de usados

27 dezembro 2022 12:31

shannon stapleton/reuters

Durante algum tempo chegou a ser possível vender um Tesla usado por um valor superior ao da compra, mas segundo a Reuters a “bolha” dos Tesla em segunda mão rebentou

27 dezembro 2022 12:31

Os preços dos carros usados da Tesla têm vindo a cair de forma mais rápida do que os dos veículos de outras fabricantes, o que é uma ameaça aos preços dos automóveis novos, noticia a “Reuters”.

O preço médio de um Tesla usado em novembro foi de 55.754 dólares (52.499 euros, segundo a taxa de câmbio atual), menos 17% que em julho, altura em que os preços dos usados da fabricante de carros elétricos atingiram o pico, com uma média de 67.297 dólares (63.368 euros).

O mercado geral de carros usados ​​registou uma queda de 4% durante o mesmo período. Além disso, os Tesla usados ficaram, em média, 50 dias nos stands, e os restantes cerca de 38 dias.

O aumento do preço da gasolina e do gasóleo, um dos efeitos da guerra na Ucrânia, impulsionou a procura pela famosa marca de carros elétricos de Elon Musk. A Tesla até aumentou os preços dos carros novos mais rápido que outras marcas, o que fez com que a fabricante registasse uma maior margem de lucro.

Também os clientes que já tinham carros da Tesla aproveitaram a conjuntura para vender os seus carros relativamente novos (com preços melhores, devido à subida dos preços destes automóveis), para encomendar novos.

Contudo, os preços dos combustíveis diminuíram e a concorrência no mercado de veículos elétricos está a aumentar havendo cada vez mais oferta e a preços mais baixos. Assim, os preços dos Tesla usados começaram a cair, criando um ‘efeito cascata’ nos automóveis novos.

Segundo a agência de notícias, na semana passada, a Tesla duplicou o corte de preço nos carros novos nos Estados Unidos para 7500 dólares (7062 euros) em vez de 3750 dólares (3531 euros) no caso dos modelos Y e 3 entregues ainda este ano.