Exclusivo

Economia

Itália quer alargar pagamentos em dinheiro vivo. Como compara com Portugal?

Itália quer alargar pagamentos em dinheiro vivo. Como compara com Portugal?
d.r.

Governo italiano quer permitir pagamentos em numerário até 5000 euros. Por cá, não podem ultrapassar 3000 euros (em teoria)

Itália prepara-se para alargar o limite de pagamentos em dinheiro vivo, uma decisão em contraciclo com as recomendações das autoridades de prevenção da lavagem de dinheiro, e que já suscitou críticas do banco central italiano. Em Portugal, as regras foram apertadas em 2017, proibindo genericamente pagamentos acima de 3000 euros, mas continua a haver muitos negócios pagos em notas, acima do limite legal.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: emiranda@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas