Economia

Sonae diz à Concorrência que tem “controlo exclusivo” da NOS, mas CMVM não vê razão para OPA

14 novembro 2022 10:13

Claudia Azevedo

rui duarte silva

A parceria entre Isabel dos Santos e a Sonae na NOS ruiu. A Sonae fica a maior acionista, com 36,8%, mas a CMVM explica ao Expresso que vê uma perda de poder e, por isso, o grupo liderado por Cláudia Azevedo fica dispensado de lançar uma OPA

14 novembro 2022 10:13

A Sonae teve de indicar à Autoridade da Concorrência que, com o divórcio com Isabel dos Santos, passará a assumir o “controlo exclusivo” da NOS. Apesar disso, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) entende que nada justifica a realização de uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a operadora de comunicações porque, na verdade, até perdeu poder na empresa.