Economia

Greenvolt acaba com marcas distintas nas suas subsidiárias

3 novembro 2022 15:30

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Joao Manso Neto, presidente executivo da Greenvolt.

A Greenvolt decidiu aplicar uma marca comum às várias áreas de negócio, acabando com os nomes originais das várias subsidiárias do grupo

3 novembro 2022 15:30

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Greenvolt decidiu acabar com a existência de diferentes marcas nas suas suas subsidiárias, passando a adotar a marca comum Greenvolt nas várias linhas de negócio, revelou esta quinta-feira a empresa de energias renováveis.

Assim, a empresa que até agora era conhecida como Energia Unida passa a Greenvolt Comunidades. E evolução similar acontece noutras áreas do grupo, que passa ainda a ter as designações Greenvolt Biomass, Greenvolt Power e Greenvolt Next (esta última é a nova designação da Profit Energy).

O presidente executivo da Greenvolt, João Manso Neto, nota, em comunicado, que é “o momento de estabilizar enquanto marca, tanto numa visão de grupo como de cada empresa”.

“Temos uma nova identidade, com uma nova imagem, mais representativa dos princípios de um grupo que acredita que a energia do futuro será mais verde”, comentou ainda o gestor.

Uma outra alteração de pormenor é que a empresa deixa de se apresentar como GreenVolt, e passa a apresentar a sua marca como Greenvolt (sem V maiúsculo).

Estas mudanças de marca foram trabalhadas pela agência criativa República 45, indicou a Greenvolt em comunicado.