Economia

Portal T-Invest ajuda a escolher o melhor município onde viver, investir ou trabalhar

23 setembro 2022 7:20

Portal T-Invest visa ajudar famílias e empresários a conhecer os benefícios de cada município.

Nova ferramenta na internet já permite comparar os incentivos oferecidos por mais de 260 municípios a pessoas e empresas. “A concorrência pode ser boa”, diz o secretário de Estado da Administração Local, Carlos Miguel

23 setembro 2022 7:20

O Governo lança esta sexta-feira a plataforma T-Invest , para ajudar os empresários, trabalhadores e famílias a decidirem o melhor município onde investir, trabalhar ou viver.

Através deste portal, é possível comparar que município oferece, por exemplo, mais benefícios fiscais, apoios à habitação, refeições escolares ou tem disponibilidade de lotes para acolhimento empresarial.

Coordenado pelo Ministério da Coesão Territorial, este projeto financiado pelo Portugal 2020 conta com o envolvimento da AD&C - Agência para o Desenvolvimento e Coesão, das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) e das câmaras municipais do continente.

“Como o nome indica, o T-Invest foi inicialmente pensado para dar informação útil sobre o território a empreendedores e investidores. Para informar os empresários onde encontrar as áreas de localização empresarial mais adequadas aos seus investimentos, os lotes disponíveis para instalar ou ampliar indústrias, a proximidade a portos, a nós ferroviários e a distância até aos aeroportos”, explica ao Expresso o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, Carlos Miguel.

O objetivo inicial era reunir o tipo de apoio técnico ou financeiro que os municípios têm para oferecer: “Qual a taxa da derrama aplicada nesse território, se havia ou não um gabinete de apoio ao investimento que pudesse ajudar com os procedimentos... Os municípios precisam de investimentos e os investidores precisam de conhecer os municípios, por isso a ideia era ligá-los de alguma forma”.

“Mas quando começámos a trabalhar a ideia desta plataforma, percebemos que podíamos - e devíamos - ser mais ambiciosos porque tinha potencial para se tornar uma base de dados útil não só para investidores, como para todos os cidadãos”, acrescenta o governante.

“Se o município podia divulgar as condições que tinha para as empresas, porque não fazê-lo também para as pessoas? Porque não informar sobre a taxa de IRS, IMI ou IMT? Sobre se têm apoios à natalidade ou ao arrendamento, que tipo de equipamentos escolares, se disponibilizam transporte a pedido ou apoios sociais?”, exemplifica o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território.

Para o governante, esta informação pode ser decisiva ao escolher um novo local para viver e/ou trabalhar e a vantagem é que esta informação passa a estar compilada e disponível num único local, e à distância de um clique.

“Simultaneamente, a plataforma dá a todos os municípios a oportunidade de mostrar os seus atrativos e a sua competitividade. As autarquias podem fazer o seu marketing territorial, em igualdade de circunstâncias, e até podem ser “inspiradas” por medidas já criadas e implementadas por municípios vizinhos. A concorrência pode ser boa”, defende Carlos Miguel.

Enquadrada nos objetivos de captar e fixar pessoas e investimentos em diferentes territórios do país, a plataforma T-Invest presta informação oficial, atualizada e comparável, dos municípios de Portugal continental.

Atualmente, está disponível informação sobre mais de 260 municípios, dos quais 240 municípios com incentivos para as famílias e 229 municípios com incentivos para as empresas.