Economia

Bancos centrais da Noruega e Suíça também sobem juros

22 setembro 2022 11:03

ints kalnins

Depois da decisão da Fed, os bancos centrais da Noruega e da Suíça também subiram os juros. Na Suíça os juros chegaram a terreno positivo pela primeira vez ao fim de oito anos

22 setembro 2022 11:03

Os bancos centrais da Noruega e da Suíça subiram mais uma vez as taxas de juro, para conter a inflação. A decisão acontece no dia seguinte ao anúncio da Reserva Federal (Fed) norte-americana, que subiu as taxas de juro em 75 pontos-base.

Segundo o “Financial Times”, o Norges Bank (da Noruega) subiu, esta quinta-feira, as taxas de juro em 50 pontos-base, para 2,25%, e indicou que provavelmente fará aumentos menores em novembro, dezembro e março, para terminar em 3% no final do inverno.

“A inflação está acima da nossa meta de 2% e há perspetivas de que a inflação permaneça alta por mais tempo do que o projetado anteriormente. Estamos a subir a taxa diretora com o objetivo de reduzir a inflação”, disse a governadora do Norges Bank, Ida Wolden Bache.

Ainda esta quinta-feira o Banco Nacional da Suíça subiu as taxas de juro em 75 pontos-base, o que elevou os juros para o terreno positivo ao fim de oito anos. Assim, a taxa de referência na Suíça é agora de 0,5%.

O país foi o último da Europa a voltar às taxas positivas.

De acordo com o jornal, apesar de a inflação na Suíça ter atingido os 3,5% em agosto, o nível mais alto em três décadas, são níveis relativamente moderados em comparação com outros países europeus.