Economia

Mercado de ações nos EUA vive maior seca do século de entradas em bolsa de tecnológicas

19 setembro 2022 8:56

thana prasongsin/getty images

A desaceleração do mercado de ações está a causar a maior seca nas entradas em bolsa de tecnológicas nos EUA neste século, superando a crise de 2008 ou o crash dos anos 2000

19 setembro 2022 8:56

A desaceleração do mercado de ações desde o início do ano está a causar a mais longa seca nas entradas em bolsa de tecnológicas nos EUA neste século. Na quarta-feira será o 238.º dia sem uma oferta pública inicial (IPO) de uma tecnológica por mais de 50 milhões de dólares, superando os recordes anteriores estabelecidos após a crise financeira de 2008 e o crash no início dos anos 2000, escreve o “Financial Times”, citando uma análise da empresa financeira Morgan Stanley.

O mercado de ações dos EUA foi abalado este ano pela luta da Reserva Federal para reduzir a inflação, aumentando agressivamente as taxas de juro. Taxas mais altas atingem as avaliações das ações ao reduzir o valor dos lucros futuros e provocaram receios de que a economia entre em recessão, explica o jornal.

As ações de tecnologia dominaram o mercado recorde de IPO do ano passado e tiveram alguns dos maiores ganhos durante o boom do mercado de ações, mas também foram desproporcionalmente atingidas pela liquidação este ano.

O Nasdaq, índice norte-americano dominado pela tecnologia, caiu quase 28% até agora este ano em comparação com uma queda de pouco mais de 19% no S&P 500.

"Há uma tremenda incerteza no mercado agora, e a incerteza é inimiga do mercado de IPO ", disse Matt Walsh, chefe de mercados de capital de tecnologia da SVB Securities, citado pelo jornal.