Economia

Preço grossista da eletricidade em Portugal e Espanha cai para mínimo de quase três meses

16 setembro 2022 19:03

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

justin sullivan/getty images

O preço diário da eletricidade no mercado grossista na Península Ibérica cairá 35% este sábado, para o valor mais baixo desde 26 de junho

16 setembro 2022 19:03

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O preço grossista da eletricidade em Portugal e Espanha caiu para o valor mais baixo em quase três meses, com o preço médio da produção contratada para este sábado, 17 de setembro, a cifrar-se em 180 euros por megawatt hora (MWh), já incluído o custo do ajuste relativo ao mecanismo ibérico criado em junho para desacoplar os preços da eletricidade das cotações do gás natural.

Desde que o mecanismo ibérico entrou em vigor, a 15 de junho, só por uma vez, a 26 de junho, o preço final, incluindo o ajuste, foi mais baixo: 178,38 euros por MWh.

O preço final para este sábado, já incluindo o ajuste, é 35% mais baixo do que o preço médio da produção elétrica contratada para esta sexta-feira, de 277,82 euros por MWh.

Segundo os dados compilados pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), o preço para este sábado, de 180 euros por MWh, sairá 33% mais barato do que o preço que se verificaria no mercado grossista sem a existência do mecanismo e que seria, de acordo com a mesma fonte, de 271 euros por MWh.

Considerando apenas o preço spot (isto é, o preço que será recebido pela generalidade dos produtores, excepto as centrais elegíveis para receber a compensação do mecanismo, como as centrais de ciclo combinado a gás natural), ele será este sábado de 64,29 euros por MWh, o valor diário mais baixo desde 31 de julho de 2021, quando o preço grossista foi de apenas 61 euros por MWh.

No entanto, os dois preços spot (de 31 de julho de 2021 e de 17 de setembro de 2022) não são diretamente comparáveis, uma vez que o primeiro refletia o funcionamento tradicional do mercado ibérico, e o segundo já acontece no quadro do mecanismo ibérico que entrou em vigor em junho de 2022, e que não reflete o custo real da produção de eletricidade, pois ao preço spot é necessário somar o custo do ajuste para encontrar o valor efetivo do custo grossista da eletricidade a cobrar aos consumidores ibéricos.

A descida acentuada do preço grossista da eletricidade em Portugal e Espanha este sábado reflete por um lado uma menor produção nas centrais a gás e nas centrais hidroelétricas e um aumento da produção eólica, e, por outro lado, uma descida do volume consumido de eletricidade na Península Ibérica. Adicionalmente, o preço internacional do gás (nos contratos TTF, negociados na Holanda, e uma referência para a Europa) também tem estado em queda.