Economia

IGCP realiza leilão para emitir até 1250 milhões de euros em dívida de curto prazo

16 setembro 2022 16:20

Foto: Getty Images

O IGCP vai realizar a 21 de setembro dois leilões de Bilhetes do Tesouro com maturidades de seis e 12 meses, tendo um montante indicativo de até 1250 milhões de euros. Esta será a décima segunda vez que Portugal vai ao mercado este ano

16 setembro 2022 16:20

O IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública vai realizar, na próxima quarta-feira, 21 de setembro, dois leilões de Bilhetes do Tesouro (BT) com maturidades de seis e 12 meses, tendo um montante indicativo global de 1000 a 1250 milhões de euros, conforme anunciado esta sexta-feira pelo instituto que gere a dívida pública portuguesa.

Em comunicado, a entidade precisa que o leilão irá realizar-se às 10h30 e que as maturidades das BT a serem leiloadas são a 17 de março de 2023 (aproximadamente seis meses) e 22 de setembro de 2023 (12 meses).

Será a décima segunda vez este ano que o IGCP vai ao mercado. A nível de Obrigações do Tesouro (OT) o IGCP já realizou cinco leilões: fevereiro, março, maio, junho e setembro (na passada quarta-feira). A nível de BT, já foram efetuados seis leilões: janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.

Na última emissão de BT, em junho, Portugal ainda conseguiu juros negativos numa emissão no montante de 500 milhões de euros, com maturidade de três meses.

Na última vez que foi ao mercado, na quarta-feira, 14 de setembro, Portugal colocou 1250 milhões de euros, o montante indicativo máximo, em dois leilões de OT a quatro e a 10 anos.